domingo, 28 de setembro de 2008

Espuma Escura

Nada do que você diz tem a ver
será preciso eliminar
talvez
o que não tem fogo ou pressa
Nenhum fiasco pode avançar

A coisa toda é muito pura
não precisa temperar com limão
a coisa toda é muito dura
resiste ao toque de sua mão

Sua atividade escusa
água suja com pó
fabrica espuma escura
Sua corda um nó

Peço-lhe fingir não me ver
aconteça o que acontecer
não me dispense um bom dia

faça da sua confusão seu guia
A coisa toda é pura e não cura
a fraqueza do seu jeito de ser.